A equitação promove diversos benefícios para nossa saúde mental e corporal, mas é preciso ter cuidado quando se está muito acima do peso, pois isso pode atrapalhar o desempenho do aluno e do cavalo. Se não tomar cuidado até mesmo algumas lesões podem ser causadas.

O hipismo e a equitação pode ser uma ótima atividade física para quem quer emagrecer, deixar o corpo tonificado e melhorar o equilíbrio e a postura.

Na equitação trabalhamos muito os membros inferiores, isso faz com que nossas partes internas das coxas e as pernas de modo geral fiquem fortes.

A postura, que é característica principal desse esporte também ajuda a tonificar toda a coluna vertebral e a região do abdômen e das costas.

Esta atividade é uma ótima alternativa de exercício para quem não é atleta, traz um excelente resultado muscular.

O esporte envolve diversas repetições de movimentos e é um exercício muito completo. Só de fazer o trote, que é um dos principais movimentos, o aluno já precisa levantar o corpo e se equilibrar, exigindo esforço das pernas, abdômen e ombros.

Em uma aula de 45 minutos por exemplo uma pessoa faz esse tipo de movimento cerca de mil vezes.

 

Reeducação alimentar para emagrecer

Para quem já realiza atividades físicas, pratica a equitação ou o hipismo e mesmo assim não consegue emagrecer o problema pode estar na alimentação.

Saiba que a alimentação é o fator principal para quem quer perder peso. De nada adianta fazer exercícios físicos e treinos para queimar gordura se sua alimentação estiver errada.

Muito do que ouvimos até hoje sobre alimentação para emagrecer era baseado em achismos e em pesquisas tendenciosas e incompletas.

Hoje já se sabe o que realmente funciona através de estudos e testes científicos.

Para quem quer saber mais sobre esse assunto vale a pena conhecer o Emagrecer de Vez, que é um site onde ensina tudo sobre uma alimentação forte e nutritiva que te faz ter um corpo sem acúmulo de gordura e saudável.

O Rodirgo Polesso, fundador do Emagrecer de Vez, criou um livro sobre este assunto, é o livro Emagrecer de Vez, que leva o mesmo nome do site.

 

Livro Emagrecer de Vez

livro emagrecer de vez funciona

Este livro, em formato digital em pdf, é até hoje best-seller em emagrecimento. Foi através dele que milhares de pessoas conseguiram emagrecer de uma vez por todas, sem ter que ficar fazendo dietas extremamente restritivas.

O livro emagrecer de vez explica em detalhes como nosso corpo funciona, como armazena e como queima gordura. Entendo esse processo fica muito mais fácil de saber o que e quando comer.

Caso queira saber um pouco mais sobre o livro vou deixar aqui o link: http://rotasaudavel.com/livro-emagrecer-de-vez/

Depois de fazer muito sucesso o Rodrigo Polesso resolveu melhor ainda mais esse conteúdo e lançou o curso chamado Código Emagrecer de Vez.

 

Código Emagrecer de Vez

código emagrecer de vez

Este sem dúvidas é o melhor curso sobre emagrecimento que você pode ouvir falar. Eu mesmo fiz e sei que é transformador na vida das pessoas.

O Rodrigo caprichou e colocou todo o conteúdo do livro emagrecer de vez em vídeo-aulas, planilhas, calendários, e muito mais.

Nesta nova versão o conteúdo está mais completo e explica também sobre o jejum intermitente, que hoje é uma das maneiras mais rápidas e saudáveis de queimar gordura corporal.

Caso você queira saber mais sobre o curso acesse o link para conhecer o curso Código Emagrecer de Vez: http://rotasaudavel.com/codigo-emagrecer-de-vez-funciona/

 

Benefícios da Equitação para quem quer emagrecer

  1. Postura e equilíbrio

Quem monta precisa estar sempre com a coluna reta, ereto em cima do cavalo para que seu corpo fique equilibrado e tenha o controle do animal. Com isso quem pratica a equitação ou o hipismo fica com a coluna e a região do core fortalecidos.

  1. Musculatura corporal

Com a repetição dos movimentos em cima do cavalo, como o galope e o trote, o corpo inteiro trabalha os músculos, principalmente os das pernas, glúteos e braços.

  1. Ansiedade e depressão

Se a atividade for feita com frequência, ela pode ajudar e muito no combate a ansiedade e a depressão, isso se a pessoa gostar e sentir prazer de montar a cavalo, é claro.

  1. Frequência cardíaca

O aumento da frequência cardíaca durante a atividade tem papel importante na ajuda a perda de peso.

Montar a cavalos deixou de ser, pura e também simplesmente, um prazer ou um meio de movimento. Hoje em dia, essa prática tão antiga também é usada como terapia no desenvolvimento biopsicossocial de pessoas portadoras de deficiência ou de necessidades singulares e também se você ler este item com atenção, perceberá que é curativo para nenhum gênero de um de nós.

Os benefícios ao utente do método, divulgado como Equoterapia, não são exclusivamente físicos, porém também psicológicos, educativos e também sociais.

Como especialistas no objecto, o cavalos, ao se transladar, efetua um movimento semelhante à marcha humana, isto é : o núcleo gravitacional do cavalos é deslocado tridimensionalmente, com a marcha, num movimento semelhante à bacia pélvica humana. A correspondência entre os movimentos, humano e também eqüino é tal que a diferença entre um e também outro é menor que 5%. Essa semelhança é possível que ajudar pacientes com lesões no cérebro, fornecendo imagens cerebrais seqüenciais e também impulsos essenciais para aprender ou reaprender a caminhar. Outrossim, o cavalos passa três ondas vibratórias concomitantemente ( para cima e também para grave, para um lado e também outro e também para na frente de e também para trás), o que faz dele uma “máquina terapia ” que nenhum outro método consegue imitar.

Um dos grandes motivadores da terapia é a inversão de papéis, argumento que o paciente é o intérprete do tratamento, tendo como parceiro o cavalos, e também o clínico é um fácil conciliador. Outra vantagem da Equoterapia é o biorritmo do cavalos e também o movimento rítmico-balançante, que estimulam o metabolismo, regulam o tônus e também melhoram os sistemas cardiovascular e também respiratório.

Já o movimento e também a alteração de estabilidade estável pedem uma adaptação incessante do próprio estabilidade, fortalecendo a musculatura e também a coordenação. Desta forma, a integração sensoriomotora e também a consciência do próprio corpo são melhoradas. Os resultados da prática de equoterapia são, frequentemente, o maior controle dos reflexos, estabilidade de tronco e também carola e também correção de postura. As pessoas com musculatura supercontraída adquirem flexibilidade e também as que possuem pouco tônus muscular são fortalecidas.

A interação do praticante da Equoterapia com o cavalos desenvolve, ainda, novas formas de socialização, auto- crédito e também auto- aprecia. Para a menino, o cavalos é como um extensa brinquedo de pelúcia que, entretanto, é de difícil manuseio e também impõe saudação. O calor, o cheiro adocicado, a docilidade do corpo e também o movimento rítmico do bicho remetem a população aos primeiros contatos com a mãe e também à forma como foi transportada e também cuidada por ela. Desta forma, a menino portadora de deficiência possui o espeque e também o arrimo de que necessita para se desenvolver.

A técnica, exige profissionais hábeis, a fim de que a Equoterapia seja aproveitada de forma segura e também correta.

Indicações da Equoterapia

A Equoterapia é indicada para tratamento de casos de paralisia cerebral, acidentes vasculares cerebrais, traumas crânio-encefálicos, atrasos maturativos, formas psiquiátricas de psicoses infantis, estados marginais como autismo, Síndrome de Down e também obediência química. O método também é possível que ser empregado para mitigar ou expelir desvantagens de estresse, depressão, dificuldades no aprendizagem, na coordenação motriz, timidez e também deficiências físicas, entre muitos outros.

 

O início da Equoterapia

Embora o cavalos já tenha sido utilizado com fins terapêuticos por Hipócrates, na Grécia Antiga, e também a equitação tenha sido recomendada pelos antigos médicos gregos, os tratamentos com Equoterapia tiveram início tão somente nos anos 30, na Alemanha, como escolha para a trato de muitas doenças. Os estudos sobre a Equoterapia tinham se iniciado no século anterior, enquanto médicos parisienses começaram a esmiuçar o matéria, motivados pelos ensinamentos da Grécia Antiga.

Há mas de três muitos anos, a Equoterapia ganhou notoriedade com as observações do médico boche Rider. Mártir de um acidente vascular cerebral que o deixou semiparalisado, este notou que a prática de marchar a cavalos contribuía para a sua restauração. Um dos impulsos para a disseminação da técnica foi a Segunda Guerra Geral. Com ela, houve uma reaparição da Equoterapia, que foi usada em mutilados pela guerra, porque diversos deles tinham sido excelentes cavaleiros. A técnica se difundiu e também começou a ser utilizada em todo o planeta.

No Brasil, a terapia começou a ser aplicada em meados dos anos 80, e também teve extensa aprovação, sendo que há atualmente muitas clínicas especializadas em Equoterapia, embora tão somente em 1997 o Recomendação Regional de Medicina tenha recebido a terapia como método de tratamento

slackline

No primeiro post deste site falei sobre alguns esportes que ajudam a melhorar o equilíbrio para quem monta a cavalo.

Um desses esportes é o Slackline, realmente um dos melhores para quem deseja trabalhar o equilíbrio físico e mental.

Assim como no hipismo e na equitação, o slackline exige força muscular, flexibilidade, coordenação motora, concentração e coordenação motora.

Entre os três esportes que recomendei, o slackline sai na frente por exigir muito mais equilíbrio e concentração dos praticantes.

Por isso vou explicar um pouco mais sobre o slackline e como você pode começar a praticar.

 

Onde praticar

O slackline é muito praticado em ambientes abertos, como praias e parques, mas pode ser praticado também em ambientes indoor.

Basta ter dois pontos fixos para fixar as duas pontas da fita, geralmente são usados árvores ou postes.

Há também um suporte especial que pode ser montado no chão, sem necessidade de uma árvore ou algo parecido.

Veja no vídeo abaixo como montar:

 

Onde comprar

Hoje em dia é muito mais fácil comprar uma fita de slackline e ela pode ser encontrada facilmente em sites da internet.

É preciso ficar atento aos diversos tipos e tamanhos de fita na hora de comprar a sua fita de slackline.

Pra ajudar você a entender as diferenças e saber qual o melhor modelo e onde comprar dê uma olhada nesse link: Comprar Slackline

Existem diversas marcas boas e confiáveis, porém a mais conhecida e queridinha dos praticantes é a Gibbon Slacklines.

 

Modalidades do Slackline

Para quem está começando a praticar o objetivo será tentar se equilibrar parado ou andar sobre a fita.

Mas depois de um tempo de prática já é possível arriscar alguns movimentos diferentes, como agachar, pular e até fazer alguns giros no ar.

Entre as principais modalidades do slackline estão o highline, trickline, longline e waterline.

 

Highline

highline

É bastante praticado em locais extremamente altos, como no alto de montanhas e rochedos.

Para a prática é essencial o uso de um equipamento de segurança que fica preso ao corpo e a fita, assim se você se desequilibrar e cair estará preso por uma fita.

 

Trickline

É possível realizar saltos e manobras em cima da fita de slackline.

A fita precisa estar um pouco mais frouxa que o normal e o material dela deve ser flexível, para que o praticante possa dar impulso para conseguir dar saltos e até mortais no ar.

 

Waterline

waterline

Pode ser qualquer uma das outras modalidades de slackline porém com a fita sendo armada em cima da água.

Pode ser armada em rios, piscinas e até mesmo no mar.

É uma opção muito divertida e refrescante, é mais seguro também por ser mais difícil de se machucar ao cair.

 

Longline

longline

É a prática com fitas de comprimento superior a 20 metros de distância.

Quanto mais longa a distância entre os pontos fixos da fita, maior a dificuldade de se equilibrar sobre ela.

É preciso muito mais concentração, força e equilíbrio.

 

Praticando este esporte tenho certeza que ajudará você a melhorar sua concentração, postura e equilíbrio, você vai sentir a diferença na hora que estiver montando em seu cavalo e seguirá os mesmos princípios para a montaria.

hipismo-enduro

O Brasília Country Club receberá entre os dias 26 e 29 de maio a prova internacional de enduro e salto.

Cavaleiro s de mais de 3 estados diferentes e estrangeiros estarão reunidos para essa grande disputa.

O evento vale como terceira etapa do campeonato regional de Brasília e será também a primeira e única seletiva para o Mundial de Enduro de 2016.

Além da prova de enduro, haverá a primeira de cinco provas da Copa Chevaux de Salto.

As inscrições estão abertas pelo site: www.chevaux.com.br

equilibrio no hipismo

Este será o primeiro post deste site e nele vou falar sobre equilíbrio.

Montar a cavalo exige equilíbrio, concentração e precisão, por isso é muito importante trabalhar e treinar muito bem esses três aspectos fundamentais.

Melhorar o seu equilíbrio praticando outros esportes pode ser uma boa ajuda para sua evolução no hipismo ou equitação.

Vou mostrar aqui alguns esportes que trabalham muito bem o core (conjunto de grupos musculares estabilizadores da coluna) e exigem força e equilíbrio, melhorando sua postura e sentidos.

Alguns exercícios podem ser feitos também para melhorar o equilíbrio, preparando o seus músculos para ter força e resistência para fazer a sustentação do seu corpo.

Abdominais: a região abdominal tem papel fundamental na sustentação, equilíbrio e postura corporal. Praticamente qualquer atividade física ou esporte que você fizer vai exigir um mínimo esforço desta região.

Lombar: muitas vezes esquecido, esses músculos da região lombar tem papel fundamental na postura e equilíbrio.

Alguns esportes que ajudam a trabalhar o equilíbrio:

 

Balance Board

Como o próprio nome diz é uma prancha de equilíbrio. Feita geralmente de madeira maciça em formato oval. O objetivo é ficar equilibrado em cima da prancha apoiada em um cilindro.

 

Slackline

slackline

O Slackline é um esporte que ganha cada vez mais praticantes, consiste em uma fita fixada em dois pontos, que podem ser árvores ou postes, onde o praticante se equilibra andando ou tentando ficar parado em cima desta fita. Dentro do slackline ainda há algumas vertentes como o trickline, highline e waterline.

 

Stand Up Paddle

stand up paddle

Este esporte é praticado na água, pode ser feito em rios, lagos e no mar. Para praticar é preciso uma prancha de stand up paddle (muito maior, mais grossa e mais larga que uma prancha de surf) e um remo. Para praticar você pode simplesmente sair remando por aí ou então para os praticantes mais avançados pode pegar ondas, assim como o surf.